6 de agosto de 2017

Crónica da Corrida na Nazaré (Encerrona de Sónia Matias) - 5 de Agosto de 2017

Encerrona de Sónia Matias na Nazaré

Era com expectativa, que se aguardava a anunciada encerrona de Sónia na castiça praça de touros da Nazaré. Era o tudo por tudo, uma afirmação de valor. Depois de a temporada transata não ter corrido como certamente desejaria.

Com a praça a apresentar as bancadas com dois terços de público, e frente a touros bem apresentados, e com peso, da Herdade de Camarate. Havendo mesmo o indulto de dois touros, o primeiro e o sexto. Sónia Matias teve a sua sonhada noite.

Bem montada, enfrentou este difícil desafio, com garra e querer. Quatro das suas lides ficam para memória futura. Bons ferros, alguns em terrenos de compromisso, pautaram a noite da sua actuação.

Como sua suplente, estava a cavaleira Soraia Costa, que foi convida por Sónia Matias, para lidar em duo o quinto touro. Uma lide que muito agradou ao publico presente.

Noite agradável em que Sónia disse presente, estando apta a qualquer desafio. A própria nos confessou que projectos arrojados estão no seu pensamento. Vamos aguardar.
A cavaleira acabou por sair em ombros da Praça.

A corrida foi pegada pelos Amadores do Ribatejo, Tertúlia Tauromáquica do Montijo, e Amadores de Tomar.

Pelos do Ribatejo, o cabo Pedro Espinheira abriu praça, fechando-se à segunda tentativa, e o jovem Duarte Pinedo à primeira.

A Tertulia Tauromáquica do Montijo, viu Luis Carrilho e Ricardo Carrilho, a concretizarem à primeira tentativa. Bem como os Amadores de Tomar, por intermédio de Francisco Coelho e Luis Campino.

Corrida dirigida pelo Sr. João Cantinho
Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Enviar um comentário

Scroll To Top