30 de junho de 2017

29 de junho de 2017

Missa de Sétimo Dia em Memória de Pedro Cardoso

Será celebrada uma missa de sétimo dia em memória do fotógrafo taurino Pedro Cardoso que recentemente faleceu num trágico acidente de viação, na próxima sexta-feira dia 30 de Junho de 2017 na Igreja Matriz da Azambuja pelas 19 horas.
Compartilhar:

Casquinha Corta 3 Orelhas em Llama (Perú)

Foto de Nuno Casquinha - Pagina Oficial.Foto de Nuno Casquinha - Pagina Oficial.O matador de toiros português Nuno Casquinha cortou três orelhas nos dois festejos em que participou no passado fim-de-semana (24/25 de Junho de 2017) na localidade peruana de Llama. 
24 Junho de 2017 (Sábado)
Alfonso Simpson – Orelha
Nuno Casquinha – Orelha
Cayetano Ortiz – Orelha
Ganadaria - Paijan y La Vina Montenegro
25 Junho de 2017 (Domingo)
Alfonso Simpson – Volta
Nuno Casquinha – Duas Orelhas
Joselito Ordonez – Silêncio
Ganadaria - Paijan y La Vina Montenegro
Compartilhar:

Parreirita Cigano em Entrevista à Revista Flash!

Parreirita Cigano: "Já nasci toureiro"

"Assim que me lembro de ser gente já queria ser toureiro". Este é o sonho antigo de Parreirita Cigano que agora se torna realidade. Carlos Conceição tira a alternativa esta quinta-feira, 29, na praça do Campo Pequeno, em Lisboa. A história do menino cigano feito toureiro.

"Já nasci toureiro. Assim que me lembro de ser gente já queria ser toureiro e já andava de volta dos cavalos com o meu pai. Sempre quis ser toureiro e cavaleiro." É com estas palavras que Parreirita Cigano, aliás Carlos Conceição, descreve a vontade e o querer de ser cavaleiro tauromáquico. Um sonho que há muito persegue e que está prestes a concretizar-se de forma profissional. Parreirita toureia nesta quinta-feira no Campo Pequeno, a noite da tomada de alternativa, com o cavaleiro Manuel Jorge de Oliveira como padrinho. "Manuel Jorge de Oliveira tem sido o meu Mestre na equitação e no toureio. Vai ser o meu padrinho de alternativa. Aliás, não fazia sequer sentido ser outro cavaleiro que não o Mestre Manuel Jorge. Tudo o que sei devo-o a ele."
Compartilhar:

28 de junho de 2017

27 de junho de 2017

Exposição Dedicada aos 30 Anos de Alternativa de Luís Rouxinol

INAUGURA AMANHÃ EXPOSIÇÃO DEDICADA A LUÍS ROUXINOL

Na próxima quarta-feira dia 28 de Junho vai ser inaugurada a exposição “Luís Rouxinol – 30 Anos de Alternativa”, no Museu Municipal de Montijo.

A mostra retrata uma longa e intensa carreira, permitindo dar a conhecer a toda a dimensão humana e artística, deste distinto cavaleiro natural de Montijo.

O ato de inauguração vai contar com a presença do toureiro, que de viva voz falará sobre estas três décadas, com o Presidente da Câmara de Montijo, Nuno Canta, autarquia que promove a exposição e com José Cáceres, autor dos textos.

Situado no coração da cidade, o Museu Municipal, em plenas Festas de S. Pedro, aguarda a visita de todos quantos se queiram associar a esta iniciativa, que objetivamente, se trata de uma justa e merecida homenagem, a um dos melhores cavaleiros tauromáquicos de todos os tempos – Luís Rouxinol.
Compartilhar:

26 de junho de 2017

25 de junho de 2017

23 de junho de 2017

Tauromaquia de Luto por Pedro Cardoso


Foto de www.contrabarreira.com.A tauromaquia voltou a ficar hoje dia 23 de Junho de 2017 mais pobre com o desaparecimento do fotógrafo tauromáquico Pedro Cardoso de 39 anos, vítima de acidente de viação na localidade de Valada no Cartaxo. Pedro Cardoso além de ser fotógrafo foi em conjunto com a sua mulher Sandra Batalha um dos impulsionadores da já extinta revista tauromáquica “Contra Barreira”.
A equipa do ”Pátio de Quadrilhas” vem por este meio endereçar os mais sentidos e sinceros pêsames a todos os elementos da Família e amigos de Pedro Cardoso.
Que descanse em paz!!
Compartilhar:

21 de junho de 2017

Carlos Calado Separa-se de David Gomes


Resultado de imagem para carlos calado
O conhecido apoderado Carlos Calado informou ontem terça-feira dia 20 de Junho de 2017 que tinha deixado de fazer parte da equipa de apoderamento do cavaleiro praticante David Gomes, equipa da qual também fazia parte o conhecido bandarilheiro da Malveira Paco Duarte equipa que tinha sido constituída no início do presente ano.





Compartilhar:

20 de junho de 2017

19 de junho de 2017

João Silva “ El Juanito” Corta Orelhas em Fuentes de León (Badajoz/Espanha)

O novilheiro português João Silva “El Juanito” cortou três orelhas o que lhe deu direito a sair em ombros, no passado sábado dia 17 de Junho de 2017 em de Fuentes de León em Badajoz/ Espanha onde dividiu cartel com os novilheiros Luís Manuel Terrón e Davis Bolsico que enfrentaram novilhos da Ganadaria de José Luís Marcca.
Luís Manuel Terrón – Ovação / Duas Orelhas
David Bolsico – Duas Orelhas / Ovação
João Silva “ El Juanito” – Duas Orelhas / Orelha
Compartilhar:

DN - Paulo Jorge Ferreira "Temos de ir para onde nos querem e onde nos sentimos úteis"

Resultado de imagem para DN"Temos de ir para onde nos querem e onde nos sentimos úteis"

Jovem cavaleiro tauromáquico fez carreira na Califórnia, é responsável por uma coudelaria e fala sobre como conciliar o sucesso na América com a saudade de casa

Antes de mais, um esclarecimento. Não leu mal. Esta reportagem é sobre a carreira de um jovem cavaleiro tauromáquico português na Califórnia. Sim, há touradas na Califórnia. Corridas de touros à portuguesa, organizadas por portugueses, com tudo aquilo a que têm direito, lide a cavalo e pegas, cavaleiros e forcados, mas com uma diferença fundamental - não há sangue na arena. Chamam-lhe bloodless bullfight, existem desde os anos 1970/1980, e esse foi um dos truques da comunidade portuguesa na costa oeste dos Estados Unidos para manter uma parte importante das suas tradições. O outro truque, ou neste caso uma imposição do legislador, obriga a que as touradas nunca aconteçam como espetáculos isolados, mas antes como parte de um qualquer evento religioso.

Mas como é que não há sangue na arena? A palavra-chave é: velcro. O sistema de fixação inventado por um engenheiro suíço no final dos anos 1940 foi a solução para contornar a legislação, rígida, e o lóbi de defesa dos direitos dos animais, muito ativo na Califórnia. Cola-se um grande quadrado de velcro ao cachaço do touro, e nos ferros substitui-se as pontas por um outro pedaço de velcro. Resulta. A emoção e a coreografia mantêm-se e no final podem sempre dizer: "Nenhum animal foi ferido durante o espetáculo."
Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio
Scroll To Top