6 de fevereiro de 2017

Direcção da Poisada do Campino na Azambuja Demite-se em Peso

Foto de Poisada Campino Poisada Campino.A direção da Associação Poisada do Campino na vila ribatejana da Azambuja demitiu-se em peso à exceção de Joaquim Campino que ficou à frente dos destinos da mesma depois da polémica que veio à tona nas ultimas semanas com o professor da Escola de Toureio local Ernesto Manuel ter acusado a direção demissionária da Poisada de não cumprir o que lhe aviam prometido.
A noticia da demição foi avançada pelo jornal “O Mirante” na sua edição on-line do dia 5 de Fevereiro de 2017.
“Joaquim Campino foi o único membro que não saiu e é ele quem agora comanda o destino da Escola de Toureio de Azambuja.
"Enquanto eu estiver à frente da Poisada do Campino nem a Escola de Toureio nem o Grupo de Forcados Amadores de Azambuja vão acabar. A associação só faz sentido existir para apoiar estas duas secções", disse a O MIRANTE o actual presidente da direcção da colectividade, que agora lidera uma comissão administrativa até que sejam realizadas eleições (ver caixa).
Das cerca de duas centenas de sócios da Poisada do Campino compareceram na última assembleia-geral (AG) 50 associados. Dias antes, os rumores de que a direcção se iria demitir andavam de boca em boca.
Mas o mestre Ernesto Manuel, professor na Escola de Toureio de Azambuja e protagonista da "guerra" que levou à convocação da AG - acusou, nas páginas de O MIRANTE, a direcção demissionária de nunca ter cumprido o que lhe prometera, como o pagamento de um ordenado, e revelou pagar do seu próprio bolso os seguros e as deslocações dos alunos da escola - também esteve presente na reunião de sócios e garante que os rumores da demissão não passaram de um boato.”

Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Enviar um comentário

Scroll To Top