18 de maio de 2016

Mário Vinhas - Expectativas dos Intervenientes para a Corrida do 10º Aniversário da Reinauguração do Campo Pequeno

Mário Vinhas: “Sinto-me orgulhoso de cada vez que envio uma corrida para o Campo Pequeno”

Como há dez anos, os toiros para quinta-feira, no Campo Pequeno são oriundos da ganadaria de Mário e Herdeiros de Manuel Vinhas, a única de encaste Santacoloma existente em Portugal, um curro de magnifica apresentação, como é, aliás, apanágio desta divisa.

“Sinto-me orgulhoso de cada vez que envio uma corrida para o Campo Pequeno”, é desta forma que o ganadero Mário Vinhas, expressa o seu sentimento relativamente à primeira praça do país.

È com satisfação que recorda o excelente resultado artístico da corrida de reinauguração do Campo Pequeno: “A corrida da reinauguração da praça saiu muito bem. Espero que a deste ano saia, no mínimo, igual”.
“A ganadaria está num bom momento, fruto dos rigorosos critérios de selecção que seguimos nas nossas tentas”, referiu.
Nas suas palavras, o Campo Pequeno tem sido uma praça fundamental para a história da ganadaria e destaca o curro da Corrida de Gala à Antiga Portuguesa de 2014, como um dos melhores que lidou em Lisboa. “Essa corrida foi inesquecível, como inesquecível foi a homenagem que a empresa do Campo Pequeno me prestou”.

“Voltar ao Campo Pequeno nesta corrida, com o mesmo cartel de há dez anos é uma grande honra para mim, pessoalmente e para a ganadaria”, acrescenta. Lamenta, contudo, ainda não ser desta vez que possamos ver no Camarote Presidencial, Sua Excelência o Presidente da República, mas espero que isso não tarde muito”.

Fundada em 1946, pelos irmãos Manuel e Mário Vinhas, com vacas e sementais de Pinto Barreiros, a ganadaria foi posteriormente aumentada com reses de Ignácio Sanchez Vazquez de Pablo (1953). Contudo, em 1964 todo o efectivo da ganadaria é substituído por vacas e sementais de Joaquin Buendia, puro encaste de Santacoloma, sendo a ganadrai refrescada a partir de 1992 com sementais de Los Caminos, Buendia e Ana Romero.

A sua antiguidade está referenciada a 17 de Setembro de 1950, na Praça de Toiros de Setúbal. Pasta na Herdade do Zambujal, no concelho de Palmela.

A corrida do décimo aniversário da reinauguração do Campo Pequeno tem no seu cartel os cavaleiros Joao Moura, Antonio Telles e Rui Fernandes e os grupos de forcados amadores de Santarém e Lisboa, que lidarão e pegarão seis toiros da ganadaria de Mário Vinhas e Herdeiros de Manuel Vinhas.
Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Enviar um comentário

Scroll To Top