24 de maio de 2016

Diogo Sepúlveda - Declarações dos Intervenientes da Corrida em Almeirim

As declarações de Diogo Sepúlveda, sobre a actuação do GFA Santarém a 29 de Maio em ALMEIRIM.

Diz-se que a História é uma ciência do presente, porque o presente é um reflexo (embora não directo) do passado. A relação entre o passado e o presente escreve a nossa história. A história é feita todos os dias e ela não para!

A ligação do Grupo de Santarém com a família Salgueiro vem de longa data (são já 4 gerações!) e de certa forma a nossa história, já centenária, tem saído engrandecida fruto da relação de ilustres Homens destas duas grandes Famílias que em muito têm vindo a engradecer Portugal e a Festa dos Toiros.

De raízes profundamente ribatejanas, a dinastia de Valada do Ribatejo começou com o seu bisavô Dr. Fernando Salgueiro, com a alternativa tomada no dia 24 de Abril de 1938 na praça de toiros do Campo Pequeno, depois o seu avô Fernando Salgueiro, primeiro cavaleiro tauromáquico a tomar a alternativa na Monumental Celestino Graça a 2 de Junho de 1968 e depois o seu pai João Salgueiro, a tomar a alternativa na Monumental de Almeirim a 29 de Maio de 1988 numa corrida de 8 toiros onde, mais uma vez, o Grupo de Santarém marcou presença, na altura comandado por Carlos Grave.

Diante um curro de Condessa de Sobral, nesta dia 29 de Maio de 1988 pegaram pelo Grupo de Santarém:

1º toiro – Pega de caras o toiro de alternativa de João Salgueiro, o forcado António José Horta com a primeira ajuda de Gonçalo da Cunha ferreira
3º toiro – Pega de caras Francisco Gameiro com a primeira ajuda de Luís Gameiro.
5º toiro – Pega de caras Nuno Varandas com a primeira ajuda de Pedro Graciosa.
7º toiro – Pega de caras Alberto Xavier com a primeira ajuda de António Gama.

António Cachado rabejou os quatro toiros.

Agora, exactamente 28 anos depois, será a vez da 4ª geração e desta forma a bonita história da família Salgueiro continuar a ser escrita.

É com imensa satisfação, orgulho e sentido de responsabilidade que o Grupo de Forcados Amadores de Santarém marcará presença, no próximo dia 29 de Maio em Almeirim, na Corrida de Toiros da alternativa de João Salgueiro da Costa. Sem dúvida que será um marco importante para todos nós!

Também na jaqueta das ramagens a história continua… 28 anos depois, o Grupo de Santarém e Montemor voltam a partilhar cartel e desta forma continuar a escrever a grandiosa história de ambos os Grupos diante de um imponente curro de Murteira Grave.

Motivos de interesse não faltam a esta grande corrida!
Lá estaremos, dia 29 de Maio em Almeirim, para orgulhosamente continuarmos a honrar o passado, o presente e o futuro quer do Grupo de Santarém quer da família Salgueiro!

Diogo Sepúlveda
Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Enviar um comentário

Scroll To Top